Vida Social

 :: Diversos

Ir em baixo

Vida Social

Mensagem  TIT@ em Sex Jan 16, 2009 3:21 pm

Vida Social
A Mídia




Sistema público de rádio e televisão



Depois da Segunda Guerra Mundial, para evitar uma instrumentalização do rádio como havia acontecido no período nazista, os Aliados que ocuparam o país impuseram um sistema de radiodifusão de direito público, não subordinado aos governos.




Bildunterschrift: Großansicht des Bildes mit der Bildunterschrift: Neste contexto, foi criada em 1950 a ARD (Arbeitsgemeinschaft der öffentlich-rechtlichen Rundfunkanstalten der Bundesrepublik Deutschland – Grupo das Emissoras de Direito Público da República Federal da Alemanha). É uma rede formada por nove emissoras estaduais de rádio e tevê, mais a Deutsche Welle, voltada para o exterior. Para ampliar a oferta, em 1963 foi fundada a ZDF (Zweites Deutsches Fernsehen — Segundo Canal Alemão).



Tanto a ARD quanto a ZDF são autárquicas (de controle público e não atreladas a governos), financiadas por taxas pagas pelos próprios ouvintes e telespectadores e hoje também por pequenos blocos de publicidade. Somente a Deutsche Welle, de 1953, é financiada exclusivamente com verbas públicas. O sistema público inclui ainda as rádios suprarregionais Deutschlandfunk e DeutschlandRadio Berlin.



O rádio é o veículo de informação dos alemães por excelência, seja em casa ou no carro. Tanto no rádio como na tevê, pode-se escolher entre emissoras de direito público ou privadas, estas criadas bem mais tarde.



Os canais de tevê



As emissoras privadas começaram a surgir a partir de 1984 e estão concentradas basicamente nas mãos de dois grandes grupos de mídia. De um lado, o do norte-americano Haim Saban, que adquiriu os canais Pro7, Sat.1 e Kabel 1 do falido Grupo Kirch, da Baviera, e a Bertelsmann, proprietária da rede RTL.



Dependendo de onde se mora, capta-se hoje na Alemanha apenas de três a sete canais de tevê com sinal livre. Mas por satélite ou cabo, os alemães podem optar entre mais de 30 canais de televisão e um número superior a 230 emissoras de rádio. Ao contrário de em outros países europeus, a recepção via satélite não é codificada e, portanto, gratuita para quem instalar uma antena parabólica.



A emissora com o maior índice de audiência no mercado alemão é o canal privado RTL, com 14,9% (em 2003), segundo o instituto de pesquisas GfK. Em seguida, vêm as emissoras públicas ARD (14,1%) e ZDF (13,3%), e as privadas Sat.1 (10,2%) e Pro7 (7,1%). Conforme o instituto, em 2003 os alemães assistiram, em média, 203 minutos de televisão por dia.



Tanto nas emissoras públicas quanto nas privadas predomina a produção própria. A programação é muito variada, atendendo aos mais diferentes tipos de público. No rádio, isto também se espelha na oferta das emissoras públicas regionais. Elas costumam manter pelo menos quatro estações, com programas para tipos diferentes de público.



Canais específicos



O grupo ARD e a emissora ZDF mantêm o Kinderkanal, ou simplesmente Kika, voltado ao público infantil, e o canal Phoenix (ambos de 1997), especializado na cobertura sobretudo de política, com transmissões ao vivo dos principais debates parlamentares. Também a RTL oferece um canal (SuperRTL) dirigido somente às crianças.




Bildunterschrift: Großansicht des Bildes mit der Bildunterschrift: Em parcerias internacionais, ARD e ZDF participam ainda dos canais culturais Arte (1992, produção conjunta com a França) e 3sat (1984, produção conjunta com a Suíça e a Áustria).



Inaugurado em 2003, o canal German TV nasceu da parceria entre ARD, ZDF e Deutsche Welle e concentra-se na transmissão de programas alemães para o exterior. Sua programação é variada, incluindo shows de música popular e seriados.



Entre as emissoras privadas de tevê, também existem canais temáticos, como os de notícias (N-TV, N24), de esportes (DSF e Eurosport), de turismo e bolsa de valores.



Duas tendências recentes no mercado de televisão na Alemanha são os canais de oferta de produtos (teleshopping) e os que se financiam a partir das ligações telefônicas dos telespectadores para responder ao vivo a perguntas feitas no estúdio. Como chamativo, estes oferecem prêmios.



Internet, veículo em crescimento


A internet alemã é, como no resto do mundo, um meio em expansão. Cresce não só a oferta de novas páginas, mas também o número de usuários. Um terço dos alemães costuma visitar a internet todos os dias, principalmente para consultar o correio eletrônico, ler notícias ou informar-se sobre produtos que pretende comprar.


Enquanto no começo da era da web os textos eram só disponibilizados na internet, hoje os conteúdos são administrados por redações com profissionais especializados. Em vista do avanço tecnológico e do anseio cada vez maior por informação e interatividade, tornou-se tendência a interligação entre diferentes mídias, como televisão e internet, e a oferta de conteúdo em novos meios, como telefones celulares.

_________________
avatar
TIT@
Admin
Admin

Mensagens : 1835
Data de inscrição : 28/11/2008
Idade : 55

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 :: Diversos

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum